Mapa Mundi

Programa do dia 21/01/16

MAPA MUNDI 21/01/2017

MAPA MUNDI 21/01/2017

Posted by TVU on Saturday, January 21, 2017

No Controle

Programa do dia 21/01/16

NO CONTROLE 21/01/2017

NO CONTROLE 21/01/2017

Posted by TVU on Saturday, January 21, 2017

Mashup Café

Programa do dia 21/07/16

NO CONTROLE 21/01/2017

MASHUP CAFÉ 21/01/2017

Posted by TVU on Saturday, January 21, 2017

Primeiro Assalto ao Trem Pagador

Sinopse

No interior do Estado do Rio de Janeiro, um grupo de seis homens assalta o trem pagador na estrada de ferro Central do Brasil. Eles decidem só gastar, no máximo, dez por cento do produto roubado, para não despertar suspeitas da polícia. Só que Grilo Peru (Reginaldo Faria) resolve se entregar ao luxo da zona sul carioca, sendo assassinado por Tião Medonho (Eliezer Gomes), o líder da quadrilha. Ao mesmo tempo, a polícia fecha o cerco sobre os outros assaltantes, quase todos favelados.

Paris, Texas

Sinopse

Paris, Texas conta a história de Travis, um homem que, depois de estar desaparecido por mais de quatro anos, é reencontrado pelo irmão Walt num hospital na região desértica do Texas, próximo à fronteira com o México. Maltrapilho e com amnésia, é levado por Walt para a sua casa em Los Angeles, onde reencontra Hunter, seu filho de sete anos que foi abandonado pela mãe, Jane. Inicialmente estranhos, Travis e Hunter iniciam uma reaproximação que culmina num a grande amizade e também no desejo secreto de reencontrar Jane e reconstruir sua verdadeira família.

Aprenda uma deliciosa receita de Suco Detox

A nutricionista, Ana Carolina Bragança, ensina a fazer um delicioso suco detox, rico em vitaminas e minerais.

O suco detox é uma bebida que auxilia a limpeza hepática, eliminando toxinas que sobrecarregam nosso corpo. Ele recebe esse nome justamente por ser um forte aliado do fígado na desintoxicação do organismo. Também pode ser chamado de suco verde devido a sua cor esverdeada, conseqüência da clorofila,substância presente em todos os vegetais que facilita esta limpeza.

Os benefícios que a bebida gera são variados: melhora do funcionamento dos sistemas imunológico e digestivo, hidratação da pele e forte ação diurética, combatendo a retenção de líquidos. Estas ações podem, entre outras coisas, aumentar sua disposição e concentração, auxiliar o sono, melhorar o humor e a perder. Contudo, a nutricionista Ana Carolina Bragança alerta que o suco não faz milagres: “Fazer com que o teu corpo funcione melhor faz com que ele possa emagrecer mais fácil, mas tudo vai depender da atividade física e do resto da alimentação do dia”.

Existem diversas receitas, mas conforme a nutricionista um bom suco detox (ou suco verde) necessita sempre de uma fruta diurética, um alimento termogênico e uma folha verde.

Na receita que você acompanha no vídeo, Ana Carolina Bragança utiliza:

– Água de coco – “É ela que vai fazer a hidratação, ela é a base do suco verde. É riquíssima em antioxidante e eletrólitos. Vai hidratar o organismo, colocando sai minerais para dentro do organismo”.
– Abacaxi – Fruta diurética.
– Gengibre – Alimento termogênico, vai fazer com que o corpo queime mais calorias e vai estimular o organismo a funcionar mais rapidamente
– Couve – Fonte de clorofila e fibras

Thedy Correa: “O artista tem que ter mais responsabilidade quando fala sobre drogas”

Pai de uma adolescente de 17 anos, o vocalista do Nenhum de Nós, Thedy Correa, mostrou preocupação com o consumo álcool e drogas na juventude. Em entrevista ao No Controle, com Ico Thomaz, o músico revelou que já participou de reuniões sobre o tema: “Eu frequentei algumas reuniões do Fórum Permanente de Combate e Prevenção ao Consumo e Venda de Bebidas Alcoólicas por Crianças e Adolescentes. E é impressionante. É um problema muito grave o consumo de álcool e também de drogas”.

Estas experiências também serviram para o artista conhecer histórias de outras pessoas que enfrentam esse problema. Thedy alerta sobre a disseminação das drogas nas escolas: “Hoje em dia tem escolas consideradas de classe A, em porto alegre, que tem alunos que são traficantes. Tem alguém que vai lá e coopta eles”.

Autor de várias músicas que abordam problemas sociais comuns em nosso país, Thedy também é crítico com a própria classe artística: “Tem muito artista que gosta de glamourizar isso, acha que é bacana falar da droga sem orientar. Aí quando uma guria sofre abuso porque estava drogada, o artista está em casa, deitado no ar condicionado e ela no meio da calçada.” As participações no Fórum são apenas uma demonstração do engajamento de Thedy, que busca utilizar sua visibilidade entre os jovens para orientá-los.

Especialista dá 100 dicas para conseguir, manter ou trocar de emprego

Em meio à crise econômica que o Brasil enfrenta, conseguir emprego é uma tarefa cada dia mais árdua. Pensando nisso, o empresário, administrador, consultor, comandante, palestrante, e ex-professor universitário, Sady Bordin, lança o livro “Vencendo a Crise – 100 Dicas para Conseguir, Manter ou Trocar de Emprego”, pela editora Best Business.

Em um momento em que o país já contabiliza mais de 12 milhões de desempregados, voltar para o mercado de trabalho é certamente uma das maiores aflições do brasileiro. Contudo, o autor pondera que é preciso que se priorize o auto-conhecimento: “A pessoa tem que ver a profissão onde ela se identifique e onde ela vai ter a sua realização profissional e não salarial”.

Segundo Bordin, este deve ser o ponto de partida para quem busca um emprego. Entre as dicas mais práticas ele destaca o cuidado com o currículo: “Você tem que ter vários currículos, um para cada vaga. Tem que ter uma redação específica para cada empresa”. Outro ponto importante que sempre gera preocupação são as entrevistas de emprego. O candidato precisa estar preparado: “Se informe sobre a empresa, como as pessoas se vestem. Você tem a obrigação de conhecer a história da empresa”.

Mas não são apenas dicas de como conseguir emprego que estão presentes no livro. A obra também apresenta, em capítulos curtos, dicas para manter ou trocar de emprego. Com formação e especialização em marketing e administração e MBA em Gestão e Estratégia Empresarial, Sady Bordin também é autor de “Marketing Pessoal – 100 Dicas para Valorizar a Sua Imagem”, “Marketing Empresarial – 100 Dicas para Valorizar a Imagem de Sua Empresa” e “Marketing Pessoal – Dez Etapas para o Sucesso”.

O que é uma Startup

Jorge Audy é pró-reitor de pesquisas, inovação e desenvolvimento da PUC do RS, onde atua a mais de 33 anos como professor, pesquisador e gestor. Graduado em análise e desenvolvimento de sistemas pela PUC, fez mestrado e doutorado na UFRGS em sistemas de informação. Veio ao programa Fortunati.com para prestar explicações na área da tecnologia, e nos explicar o que é uma “startup”:

– É uma empresa nascente. Uma micro-empresa. Uma ou mais pessoas tem uma ideia de negócio, resolvem tirá-la do papel e montar uma empresa. Durante décadas ou séculos as pessoas vêm fazendo coisas deste tipo, e muitas fazendo de um pequeno negócio uma rede de filiais. Nos tempos mais atuais, este mesmo pequeno negócio que se inicia e envolve a área de tecnologia: informática, engenharia ou biotecnologia, é denominada uma “startup”.

As primeiras incubadoras tecnológicas que surgiram no Brasil são da década de 80. As incubadoras são espaços que servem para nutrir startups por um período de 2 a, no máximo, 3 anos, onde recebem apoio de gestão, marketing e comunicação pra que possam crescer e depois se lançarem no mercado. Há 5 ou 6 anos atrás, as empresas que estavam dentro das incubadoras eram chamadas de “incubadas”. Hoje em dia resolveram apenas chamá-las de startup.

O TECNOPUC, que em 2002 passou a liderar, de acordo com dados do CNPq, o ranking nacional dos grupos de pesquisa nas instituições particulares, integra a INOVAPUCRS – Rede de Inovação e Empreendedorismo da PUCRS. Integram esta rede também: Núcleo Empreendedor, Ideia, Incubadora Raiar, Centro de Inovação, Labelo, AGT, ETT, AGE, NAGI. Juntas, as unidades atuam estimulando o processo de inovação e empreendedorismo da PUCRS.

Escritor Ayrton Ortiz – Cuba, Havana e Fidel

Jornalista e escritor, Ayrton Ortiz, que morou em Havana uma temporada de 2009, fala sobre o livro que escreveu sobre a ilha na época e conta o que mudou por lá. Até hoje, após a feira do livro de cada ano, viaja à ilha cubana. Das últimas vezes levando consigo leitores do seu livro, que se interessaram pelas paisagens descritas.

Revela Havana e Cuba como sendo muito musicais. Há música por todos os cantos. Um estilo musical bastante rico em swing, o que cotagia. Após o reatamento de relações diplomáticas entre Cuba e EUA, tem aumentado expressivamente o número de turistas na ilha. Com o aquecimento na economia, é possível perceber carros chineses e franceses além dos clássicos cubanos, que atualmente vêm sendo bastante utilizados como táxi turístico. Motoristas, estes, que vem tendo bons rendimentos mensais, como diz Airton Ortiz no vídeo.

Após o falecimento de Fidel e vitória de Trump nas eleições presidencias dos EUA, há quem suspeite que possa haver uma quebra no acordo firmado entre Raul Castro e Obama, mas, segundo Ortiz, não é algo que tenha preocupado os cubanos.

Com o falecimento de um dos maiores líderes políticos da metade do século XX, Airton Ortiz crê que seja exatamente aqui o fim deste século. Num contraste entre exilados da colônia em Miami comemorando, e um povo todo que o idolatrou durante sua vida e lhe prestou homenagem por todo seu legado.

O escritor ainda comenta sobre um tema bastante discutido sobre Cuba, que é o fato da não alternância no poder e falta de liberdade de expressão. Comenta que Fidel ficou 49 anos no poder, mas que Sarney, aqui no Brasil, permaneceu por 60 anos. Não concorda com o fato de não haver pluralidade partidária em Cuba, mas deixa a entender que não há no Brasil também. Faz uma crítica severa ao fato de a midia por lá ser toda estatal, mas diz que não notou assunto tabu em conversas com o povo. Nada que não pudesse ser discutido.

Finaliza dizendo aos turistas que visitem Cuba logo, alertando que o turismo vai triplicar em 2017 com relação a este último ano. Cuba projeta 9 milhões de turistas pra um espaço que é o terço do nosso país. O Brasil recebe por volta dos 3 milhões.

Entrevista com a Miss Gordinha RS 2016

Vencedora do evento de moda plus size realizado no estado, Débora Avila, veio dar detalhes da carreira, sobre o universo Plus Size e sobre a forma que vem influenciando outras mulheres a terem melhor auto-estima e a fazerem parte desta nova tendência no mercado da moda.Segue alguns Trechos da entrevista.

Pra ti concorrer a miss tem que sempre manter teu peso? Não pode emagrecer?

É necessário antes ter perfil biogenético identificado pra pensar em ganhar espaço. Nem toda miss é modelo, e nem toda modelo é miss. Existe uma alimentação regrada, e cuidados com pele e corpo, normal. O manequim deve ser entre 44 e 48.

Quando tu perde peso, isso prejudica tua carreira?

Não digo perder peso, mas, sim, reduzir medidas. Se eu diminuir o manequim alguns centimentos, devo informar meu cliente ou agenciador pra constar no documento que minhas medidas atuais não são as mesmas.

Quando tu decidiu trabalhar como modelo plus size?

Quando conquistei um título com termo referente a plus na cidade em que nasci. Isso foi um incentivo a correr atrás deste objetivo. Mas também por ver a valorização e crescimento da moda plus size.

Tu te sente feliz por inspirar mulheres do teu manequim?

Todas nós passamos por batalhas até aprendermos a nos amar. Eu tenho amigas no facebook que dizem que não se sentem bem por conta isso. Dizendo que familiares não as aceitam por serem assim. Tento mostrar que a verdadeira beleza é interior, que elas devem ser felizes como são.

O mercado plus size é rentável?

Sim, mas você tem que saber usar sua imagem. Existem, já, muitas modelos no meio. Existem meninas que trabalham diariamente. Eu, no meu caso, tenho minhas temporadas organizadas. Eu não sou agenciada, mas a maioria sim, depende de cada uma. O mercado está crescendo muito.

Vencedores – Vinheta de Abertura

Vinheta de abertura do programa Vencedores.

Produzida pela equipe de marketing da @tvupoa em dezembro de 2016 apresenta um conceito moderno para representar a grandeza dos entrevistados do programa. Mescla a palavra tema na cor ouro com as luzes que representam as “Luzes dos Vencedores”.

Direção e execução: Lenine Neves.